domingo, 5 de agosto de 2012

Debate VII - Musica Gospel - Evangelismo ou Comércio?


O meio gospel, que um dia era desprezado por todos e totalmente ignorado por causa da sua tradicionalidade, agora toma conta do mundo com um vasto aprimoramento do seu estilo.

A musica gospel (do inglês: evangelho) já é o segundo estilo musical mais vendido no Brasil, perdendo apenas para o sertanejo universitário. É o estilo musical que mais cresceu nos últimos 10 anos e que vêm se destacando nos meios de comunicação e na sociedade, em geral.
Isso se deve ao crescimento e aparecimento de inúmeras igrejas evangélicas nos últimos 15 anos. Sendo que a maioria delas é totalmente firmada no chamado "louvor".

Porém esse "louvor" não é mais aquele tradicional, no estilo "digno, oh, digo és Jesus" ou "Alvo mais que a neve". Uma nova geração de adoradores tomou conta desse meio e vêm trazendo consigo inúmeros outros estilos que são adaptados ao gospel, tais como Hip Hop, Rap, Rock, Country, Reggae, Funk, entre outros. Esse leque de opções têm atraído cada vez mais pessoas às igrejas evangélicas.

Mas será que esses louvores trazem benefícios ou malefícios?

Ao meu ver, eles podem até atrair pessoas que estão perdidas e sofrendo, mas acaba por fazer com que as pessoas se apeguem às emoções que essas canções trazem.
Elas são atraídas pelo louvor e se mantêm na igreja por causa do louvor. Sendo assim, não se apegam à Deus e não têm um encontro verdadeiro com Ele. Como poderão ser salvas?

De nada adianta uma igreja que não salva almas. Ela é morta, pois não tem obras.

 "Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta." Tiago 2:26
Creio que esse estilo musical já não é mais sincero, e que não passa de um comercio. Tornou-se um circulo vicioso. Eles produzem musica e a vendem, enquanto os que a escutam querem mais. E se há procura, há venda.

E você. O que acha da Música Gospel? Evangelismo ou Comercio?



Envie um e-mail para pregadoresdoev@gmail.com e tire suas dúvidas!

5 comentários:

neiva disse...

Realmente eu concordo com você Fe, pois muitos cantores são abençoados e cantam louvando a Deus, e outros apenas cantam porque querem se promover. Mas isto vai muito da igreja que evangeliza, e o quanto os que são levados pelo Espírito Santo ao falarem do amor de Jesus pelo povo, muitos são evangelizados pelo que acontece na vida dos músicos, se não exisitisse o louvor muitos nem iriam as igrejas, e Deus disse que era para louvar, não importasse a maneira, mas desde que fosse verdadeiro. Eu particularmente gosto do louvor e me entrego inteira a Deus, pois assim pela música eu consigo chegar até Ele com mais facilidade e derramo as minhas lágrimas.

Felipe Biazibetti disse...

o veio
acho que todos os ritmos nasceram para serem louvor o diabo de metido foi q fez esses ritmos adquirirem letras ofensiva,pecaminosas, e nos compositores gospel temos que fazer um resgate de todos os ritmos pois tudo que venha ser pra honra de DEUS
Abraços

Felipe Aguirra disse...

Concordo que os ritmos deveriam ser todos para louvor, mas tambem acho que hoje em dia a musica gospel ta sendo uma fonte de renda bem lucrativa. Muitos dos cantores que cantam gospel estão interessados em dinheiro, isso é fato.Não há como negar.

Felipe Biazibetti disse...

VEI
ISSO SIM ACHO TMB QUE HA CANTORES GOSPEL QUE NAO FAZEM LOUVOR FAZEM SHOWS MAIS EU ACHO QUE TODO LEVITA QUE QUER VIVER DE MINISTERIO TEM QUE TER UMA RENDA O PROFETA TMB PRECISA COMER!.

Bruno Neidiors disse...

Primeiramente parabéns pelo debate, o real problema é que para atraírem mais pessoas, o meio gospel utiliza musicas que não servem de real louvor a Deus.
Muitos comentam que as apresentações gospel são para se promover, o que esta se consumando real, por exemplo, para irmos ver uma apresentação deve ser pago para ver o "show", ou seja, eu devo ser pago para louvar a Deus, isso é um equivoco, mas existe um porém, a unica fonte de lucro deve ser, para continuar com o ministério musical, a venda apenas CD´s (ou algo assim), e não para ficarem ricos.
O fato é que cantores solos, duetos, trios, quartetos, grupos ... tem este dom musical para louvar a Deus e não para receber adoração das pessoas que gostam da musica, o que realmente está acontecendo é o orgulho, aconteceu assim com um anjo (Ezequiel 28) e este mesmo anjo esta a corromper as coisas santas, um exemplo é o memorial da criação, se os cristãos não abrirem os olhos poderão ser enganados (Mateus 24:24).

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...